Seu cérebro em aplicativos? | vivo

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Você baixou um aplicativo que visa fundir sua mente de alguma forma? Você já se perguntou durante sua meditação guiada ou ao resolver um quebra-cabeça digital: Isso está realmente fazendo alguma coisa pelo meu cérebro?

Você não está sozinho. Felizmente, a pesquisa está começando a pintar um quadro mais claro de como os aplicativos são úteis para treinar, acalmar e acalmar nossos cérebros – e quais podem ser as limitações desses aplicativos.

Você pode realmente treinar seu cérebro com um aplicativo?

Boas notícias: o progresso que você está fazendo em seu aplicativo de treinamento cerebral não está apenas na sua cabeça. Um estudo de 2019 descobriu que jogar um aplicativo chamado Decoder por oito horas em um período de um mês melhorava a capacidade de concentração dos participantes.

No entanto, outro estudo diz que mesmo que esses aplicativos funcionem com frequência, há uma advertência: um aplicativo específico pode funcionar para um tipo de treinamento cerebral, mas isso não significa que necessariamente se transfere para outra tarefa.

Os aplicativos de sono são tão eficazes quanto pensamos que são?

Até agora, pesquisas sobre aplicativos para dormir melhor se mostraram promissoras. Por exemplo, um estudo encontrou evidências convincentes de que uma intervenção de terapia cognitivo-comportamental (TCC) baseada na Internet pode tratar a insônia com eficácia.

Por outro lado, alguns pesquisadores observam que os aplicativos para dormir podem interferir na higiene do sono. Por exemplo, a luz do seu celular ou dispositivo pode interromper seu ritmo circadiano.

Leia Também  Esôfago de Barrett

Que tal usar um aplicativo para relaxar?

Os aplicativos de atenção plena podem diminuir o estresse – especialmente aqueles que ajudam os usuários a cultivar a aceitação.

A pesquisa também indica que o relaxamento pode ser alcançado através do jogo. De acordo com um estudo, aplicativos desenvolvidos especificamente para aumentar a atenção plena podem não ser tão eficazes no alívio do estresse após o trabalho quanto os jogos digitais.

A psicoterapeuta registrada Kimberlee Mancina usa aplicativos em sua prática, acreditando que são “ferramentas complementares valiosas para intervenções terapêuticas tradicionais”.

Mancina explica: “Eles podem atuar como um ponto de partida, são muito mais acessíveis – financeiramente, são mais acessíveis – e podem adicionar suporte terapêutico”.

Ela acrescenta que aqueles com ansiedade ou agorafobia podem achar os aplicativos particularmente úteis. Dados relatos de que os transtornos de ansiedade estão piorando após o COVID-19, os aplicativos podem fornecer uma assistência cada vez mais crucial.

Mas Mancina também reconhece que os estudos sobre a eficácia dos aplicativos estão em sua infância e as regulamentações de segurança ainda não estão em vigor. Além do mais, Mancina aconselha os usuários de aplicativos a lerem as políticas de privacidade dos aplicativos que estão usando.

Nesse ponto, um aplicativo provavelmente não proporcionará a concentração de um profissional de xadrez ou eliminará suas preocupações. Mas pode ajudá-lo a dar passos de bebê para fortalecer seu cérebro – e isso é um pensamento bem-vindo para qualquer mente.

Foi comprovado que o exercício aeróbico fortalece o cérebro e o ajuda a desenvolver novos neurônios. Agora, uma revisão de dezembro de 2019 da Universidade de Illinois diz que vários estudos mostram que os praticantes de ioga experimentam um aumento no volume do hipocampo, a parte do cérebro envolvida no processamento da memória. Faça uma pose de montanha para ter o máximo da saúde do cérebro!

Que tal terminar com o telefone por causa da sua saúde mental?

Essa é uma grande parte do “jejum de dopamina”: um modismo nascido na Califórnia que envolve evitar estímulos que se mostraram prejudiciais para você, como mídia social, mensagens de texto ou os sons que você ouve ao receber uma mensagem. Os proponentes postulam que fazer uma pausa nessas atividades o ajuda a ganhar controle sobre sua vida e controlar comportamentos compulsivos.

Leia Também  VÍDEO: Hormônios bioidênticos para tratamento da menopausa | Dr. Mark Stengler

De acordo com um artigo do Dr. Peter Grinspoon no Harvard Health Blog, muitos interpretaram mal a ciência por trás da moda. Ele explica que a dopamina não diminui quando você evita esses estímulos, e o jejum de dopamina pode ser apenas um rótulo moderno para “fazer uma pausa” ou abordar a vida com atenção – ambos os quais podem ser benéficos.

Apps de saúde mental e bem-estar: escolhas de um especialista

Não faltam aplicativos para ajudar com sua saúde mental. Mas do ponto de vista da pesquisa, o júri ainda não decidiu se a maioria dos aplicativos de saúde mental realmente funcionam. Então, havíamos registrado a psicoterapeuta Kimberlee Mancina para compartilhar suas recomendações.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br
  • Felicidade: Como defensora da psicologia positiva, Mancina é uma grande fã deste aplicativo. Ela adora os vários prompts que este aplicativo fornece para ajudar no registro de gratidão.
  • MoodKit: Mancina acha que este aplicativo funciona bem para monitorar o humor mensalmente.
  • Calma e espaço livre: Mancina adora esses aplicativos por suas ferramentas para auxiliar na meditação guiada para redução do estresse, ansiedade e sono.
  • Talkspace: Este aplicativo é útil para se conectar com terapeutas, especialmente porque pode ser intimidante encontrar um terapeuta pela primeira vez.
  • Youtube: Não é apenas para assistir a vídeos de culinária vegana! Este aplicativo é um recurso extenso para técnicas de cura de som, meditação guiada e liberdade emocional.
  • Instagram: Mancina vê isso como uma plataforma poderosa – cobrindo tópicos de paternidade ao trabalho de gratidão – que ajudou a normalizar as condições e realidades.

Brainboosters

Esses alimentos e suplementos saudáveis ​​podem ajudar a fornecer a vantagem cognitiva que você tanto deseja.

Chá

Um estudo de setembro de 2019 sugeriu que beber chá regularmente pode prevenir ou retardar o declínio cognitivo. Receba um impulso de chá preto, oolong ou verde.

Curcumina

Uma nova pesquisa indica que a ingestão de um suplemento de curcumina de fácil absorção pode ajudar com o poder do cérebro – especialmente as habilidades de memória e atenção.

Aromaterapia de alecrim

Pesquisas recentes indicam que a inalação de um composto do alecrim – a saber, 1,8-cineol – está significativamente relacionada a um melhor desempenho em tarefas cognitivas. Respirar em concentrações mais altas da erva levou a um desempenho ainda melhor.

Leia Também  Desintoxicação explicada (finalmente!) | vivo

Bacopa Monnieri

Bacopa Monnieri tem sido usado na medicina ayurvédica desde 500 DC para tratar a ansiedade e melhorar os processos cognitivos, a memória e a recordação. Um estudo recente descobriu que uma dose diária de 300 mg do extrato teve um efeito significativo em alguns componentes da memória.

Omega-3s

Os ômega-3 são vitais para o funcionamento do cérebro e até mesmo mostraram melhorar o desempenho neural. Em um estudo, aqueles que tomaram um suplemento rico em ácido eicosapentaenóico (EPA) – um tipo de ácido graxo ômega-3 – apresentaram tempos de reação mais rápidos. Você pode encontrar EPA vegano em suplementos de ômega-3 derivados de algas.

Magnésio

Foi demonstrado que o magnésio melhora a memória, a capacidade de aprendizagem e a plasticidade cerebral em geral. A pesquisa é preliminar, mas os resultados são promissores. A maioria dos americanos não obtém magnésio suficiente; para aumentar a ingestão, coma mais amêndoas, espinafre, feijão preto e arroz integral ou opte por um suplemento.

Vitamina b12

A vitamina B12 é essencial para proteger e preservar o cérebro, especialmente à medida que envelhecemos. Os veganos devem ser extremamente vigilantes sobre como fortalecer suas dietas com um suplemento de B12.

Cafeína

A cafeína pode fornecer uma onda de energia e até mesmo acelerar sua memória de curto prazo – grande surpresa, certo? Se você bebe café, faça-o com moderação (uma a duas xícaras por dia).

Uma tripla ameaça de alívio do estresse para experimentar

Quem é seu amigo de gratidão?

Converse sobre as coisas pelas quais você é grato com um amigo ou parente. Ambos obterão os benefícios de saúde de uma prática de gratidão, além de um parceiro de responsabilidade, enquanto fortalecem suas habilidades de comunicação e senso de conexão.

Fácil como 3, 4, 5

Essa técnica de respiração acalma rapidamente a resposta do corpo ao estresse. Inspire por três segundos, prenda a respiração por quatro segundos e depois expire por cinco segundos. Faça quantas rodadas você precisar.

Sem fio? Sem problemas.

Crie seus próprios projetos de artesanato e alivie o estresse no processo com essas idéias usando camisetas recicladas.

  • Experimente pulseiras de luxo, colares de tecido e cabides de plantas de macramé usando “fios” feitos de tiras finas de camisetas.
  • Use seus gráficos e estampas favoritas para fazer sacolas e capas de almofada.
  • Tiras largas se prestam a tiaras e lenços.
  • Pedaços de sobra podem ser usados ​​para pompons e borlas.
    – Laura Sugden

Carimé Lane é escritora freelance e estudante do segundo ano da faculdade de direito.

Este artigo foi publicado originalmente na edição de julho / agosto de 2020 da vivo EUA, sob o título “Seu cérebro em aplicativos”.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br