Menu

O sono de recuperação de fim de semana não corrige os efeitos da privação de sono na cintura

5 de outubro de 2019 - Saude
O sono de recuperação de fim de semana não corrige os efeitos da privação de sono na cintura
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Dormir até tarde em um sábado parece delicioso, certo? No entanto, como em muitas coisas deliciosas, pode haver um custo para sua saúde e cintura.

Dormir no fim de semana pode quase parecer a norma nos dias de hoje. Com horários cada vez mais cheios e demandas concorrentes, o sono é muitas vezes sacrificado durante a semana de trabalho movimentada. À medida que a semana termina, muitas pessoas procuram o fim de semana menos estruturado para se concentrar no que não poderia ser feito durante a semana, incluindo o sono. Na clínica do sono, pergunto agora: "Quando você acorda nos dias de trabalho (ou na escola)?" e “E quanto à hora de dormir e de despertar nos dias de folga?” O horário de espera – talvez um despertar das 6 horas da manhã para um dia de trabalho, mas 11 horas do fim de semana – pode estar perto de uma noite inteira de sono. Mas isso importa? Estamos pagando nossa dívida de sono, certo?

Nossas horas médias de sono podem ocultar uma dívida semanal de sono

Apesar de o número de horas de sono, em média, poder se aproximar das sete a nove horas por noite recomendadas pela maioria das sociedades profissionais, a "média" pode ocultar algumas verdades. A quantidade diária, a qualidade e a regularidade da hora de dormir / acordar também parecem ter importância. Um artigo recente em Biologia Atual mostra que nosso sono não perdoa muito a mudança para momentos mais convenientes. Os pesquisadores descobriram que indivíduos que diminuíram o sono em cinco horas durante a semana, mas compensaram isso no fim de semana com sono extra, ainda pagavam um custo. Esse custo incluiu diferenças mensuráveis: ingestão excessiva de calorias após o jantar, gasto energético reduzido, aumento de peso e alterações prejudiciais no modo como o corpo usa insulina. Embora a dívida do sono tenha sido resolvida no papel, os participantes do fim de semana tiveram resultados semelhantes (embora houvesse algumas diferenças) em relação àqueles que permaneceram privados de sono durante um fim de semana sem dormir juntos.

Novas pesquisas são um lembrete de que você não pode trapacear no sono e se safar

Primeiro, a privação do sono, mesmo que apenas durante a semana de trabalho, provavelmente tem consequências reais para a saúde. O sono é muitas vezes um fator negligenciado ao considerar o risco de doença crônica, incluindo hipertensão, diabetes, doenças cardíacas e até morte. Existem dados amplos, incluindo uma revisão recente em Medicina do Sono, sugerindo que muito pouco sono é um fator de risco para essas condições, além da obesidade. Infelizmente, este novo estudo sugere que prolongar o sono no fim de semana não parece desfazer o impacto do sono curto.

Segundo, se o impacto na saúde se deve apenas à diminuição do sono ou adicionalmente a alterações no tempo de sono no fim de semana – um “jet lag” doméstico – é desconhecido. O impacto de pular fusos horários essencialmente por ficar acordado mais tarde e dormir mais tarde nos fins de semana, pode aumentar o problema. Outros comportamentos, como comer ou beber mais tarde nos fins de semana, também confundem o ritmo do corpo.

O que você pode fazer para melhorar o sono noturno?

Como em muitos remédios, a prevenção parece ser a melhor estratégia. Embora não possamos desfazer o impacto do sono curto tentando dormir demais nos fins de semana, podemos tentar dedicar um pouco mais de tempo à noite durante a semana e melhorar comportamentos que levam a um sono melhor.

É muito importante manter a hora de dormir e o horário de trabalho razoavelmente estáveis ​​durante o fim de semana, o que também pode ajudar a reduzir o efeito do jet-lag. Sonecas curtas de 15 a 20 minutos podem ajudar a aliviar a sonolência, mas não devem interferir com a regularidade da hora de dormir e do horário de dormir. Para algumas pessoas, manter um registro do sono para rastrear os padrões de sono pode abrir os olhos e prestar contas, da mesma forma que acompanhar as escolhas e comportamentos alimentares em relação à alimentação pode ajudar na perda de peso. Finalmente, considere reformular seu relacionamento com o sono e priorize-o. O sono é um medicamento preventivo – sabemos que ajuda a reduzir doenças e otimiza seu bem-estar diário.

O sono pós-semana pós-recuperação não corrigirá os efeitos da privação de sono na cintura, apareceu pela primeira vez no Harvard Health Blog.

Artigos que podem interessar:

Dicas para evitar a falta de vitaminas

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Nutricionista Nutricionista em Sabadell

5 Ingrediente Keto Salad

Assista: New 'Pacific Rim: Uprising' Featurette

https://halderramos.com.br/empregado-saudavel-empregado-produtivo/

Dieta e depressão

 Dieta para Slim the Waistline

Como eu quebrei 3 maus hábitos em menos de 2 meses

Como equilibrar as hormonas naturalmente

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br